READ Os Números ue Venceram os Nomes í PDF eBook or Kindle ePUB

CHARACTERS Ê PDF, eBook or Kindle ePUB ✓ Samuel Pimenta

CHARACTERS Ê PDF, eBook or Kindle ePUB ✓ Samuel Pimenta As paredes do uarto a girar como se tivessem sido empurradas por uma criança ue brinca com um globo terrestre pela primeira vez Além disso sentia se como se estivesse de olhos abertos debaixo de á. Não sei bem o ue pensar acerca deste livro fiuei aterrorizada com o mundo distópico ue o autor criou A escrita é simples ainda ue um tanto ou uanto poética bastante fluida e diferencia se da habitual pois Samuel Pimenta não utiliza pontos de interrogação pontos de exclamação ualuer pontuação associada ao discurso directo utiliza sim e com bastante freuência graças a Deus vírgulas e pontos de final Ao início parece um pouco estranho mas rapidamente nos ambientamos a esta escrita principalmente uem já leu SaramagoGostei muito do tema do livro mas penso ue faltou alguma complexidade à história ainda ue seja um tema bastante original a história pareceu me muito simples e evolui demasiado depressa talvez por isso não consiga atribuir maior pontuaçãoOpinião completa aui

READ Os Números que Venceram os Nomes

READ Os Números que Venceram os Nomes í PDF, eBook or Kindle ePUB ´ O ue é um nome — A pergunta ressoou por toda a divisão embateu nas paredes e voltou ao emissor sem obter resposta Um Nove Um Seis estava sentado na única cama do uarto número onze do hospício Via as paredes do uarto a girar como se tivessem Gua estava tudo turvo Era efeito dos fortes medicamentos Sentado numa cadeira ao lado da cama um médico observava o de testa plissada enuanto segurava uma folha no colo onde fazia algumas anotações. Um Nove Um Seis vive numa sociedade em ue os nomes foram abolidos Não há nomes O ue é um nome Países livros animais pessoas cidades tudo tem um número e nada tem um nome Um número atribuído à nascença Um Nove Um Seis e ue acompanha a pessoa até à morte Impuseram se os números dos cartões os números das casas os números dos processos os números das contas bancária os números das cidades os números das estradas os números das estatísticas os números ue afinal de contas eram pessoasUm dia Um Nove Um Seis tem uma crise E é internado no hospício onde a pergunta o persegueO ue é um nomeNo hospício conhece Um uatro Um Seis o doente mais antigo internado há doze anos e ue o vai ajudar sem ajudar a encontrar a respostaNúmeros ue venceram os nomes Podia ser no futuro onde o livro se passa mas pode ser agora o seu número de contribuinte por favor o seu número de cliente sabe o seu número de cartão de cidadão Números ue vencem no dia de hoje os nomes Deixamos de ser a Magda ou a Maria o Miguel ou o Manuel e passamos a ser o número de contribuinte o do cartão de cidadão ou outro número ualuer E foi isto ue me assustou neste livro falta pouco para acordar um dia e não termos nomes termos e sermos apenas mais um número Previsão futurista ou um alerta para a desumanização da sociedade Números numa sociedade em ue os números substituem os nomes a identidade perde se Será esse o nosso futuro perderemos a nossa identidadeConfesso ue me soube a pouco 171 páginas souberam a muito pouco uando dei por mim mal o tinha começado já estava a acabar Não há surpresas reviravoltas nem suspense Há reflexão Muita A reflexão ue todos teremos de fazerLeiam não se vão arrepender

Samuel Pimenta ✓ 6 READ

Os Números que Venceram os NomesO ue é um nome A pergunta ressoou por toda a divisão embateu nas paredes e voltou ao emissor sem obter resposta Um Nove Um Seis estava sentado na única cama do uarto número onze do hospício Via. Envolvi me de tal forma com este romance ue já não o consegui largar nessa noiteA Acção passa se num período indefinido do futuro supostamente longínuo Uma sociedade tecnologicamente avançada Guerras Doenças Religiões são coisas do passado já não existem Os homens são números as ruas são números os nomes são números Uma sociedade controlada onde não existe memória ou lembranças Apenas númerosA fazer lembrar ao de leve o Clássico de Orwell o famoso Big brother de 1984 este romance vai bem mais além do controlo absoluto dos movimentos dos cidadãos Ultrapassa e esuece a memória alimentando máuinas não genteContinuar a ler em